Empresa atua na região ferindo o Código de Defesa do Consumidor

Embracon Consócio apresentava uma Feira da casa Própria, mas na hora, era venda de consórcio.

Na faixa, fixada na cidade não há informação de que se trata de consórcio, e sim, Feirão da Casa Própria

Uma ação comercial da Embracon Consórcio Nacional, em Rio Grande da Serra, abriu uma discussão sobre os métodos, nada éticos, para atrair clientes, através da propaganda enganosa.

Com um carro de som, circulando pela cidade, onde anunciava um Feirão da Casa Própria, na realidade, quando o consumidor chegava ao local, encontrava apenas a venda de consórcio e carta de crédito, para aquisição de veículos ou imóveis.

Essa prática foi alertada por um morador da região central, local onde foi realizado a ação comercial, e o jornal A Tribuna da Serra foi conferir.

A ação ocorreu em vários pontos da cidade, Para o PROCON, a ação desrespeita o Código de Defesa do Consumidor

Nossa equipe, ao chegar na Praça da Bíblia, e abordada pelo vendedor, que rapidamente entregou um folheto, com o título indicando “Faça Consórcio” e em seguida no verso, vários planos de consórcio para imóveis e veículos.

Na praça, uma enorme faixa com o texto: Feirão da Casa Própria, confirmava o que dizia o carro de som, que circulava pela cidade.

Perguntado se seria possível comprar um imóvel na planta ou a partir de uma lista, respondeu que poderia comprar um imóvel onde quisesse, e que eles dariam a carta de crédito.

Indagado se isso não seria “Propaganda Enganosa”, pois foi anunciado que alí estaria acontecendo uma feira da Casa Própria, e nenhum imóvei havia alí, disponível para venda, respondeu, juntamente com outros representantes, intrigados com os questionamentos, que na aquisição do consórcio, o cliente concorreria a uma carta de crédito no valor do imóvel ou se desse um lance, teria a carta de crédito também.

Com a certeza de que não se tratava de uma Feira da Casa Própria, como o carro de som anunciou durante a semana toda na cidade, novamente foram perguntados se não se tratava de uma “Propaganda Enganosa”.

CONFIRA O VÍDEO GRAVADO DA ABORDAGEM:


Diante da negativa, o Jornal foi ao PROCON de Ribeirão Pires saber se, diante dos fatos a ação era realmente irregular.

De acordo com as informações passadas pela coordenadora do PROCON, Marcia Antico Barbosa, muitos casos desta natureza aparecem e, analisando o folheto, a gravação e imagens, mostrou-nos o Artigo 6 do Código de Proteção e Defesa do Consumidor, que em seus ítens 3 e 4, em que a empresa infringe a Lei quando não dá a informação adequada e clara sobre os produtos e serviços e também apresenta publicidade enganosa.

RESPOSTA DA EMPRESA:

Entramos em contato com a empresa Embracon, que explicou que a empresa não realiza propaganda enganosa e que as informações do contrato de consórcio é totalmente esclarecidas pelo vendedor sem enganar o cliente. Dizem também que o material publicitário é claro com respeito ao sistema de consórcio.

CÓDIGO
DO
CONSUMIDOR

Artigo 6°

São Direitos Básicos do Consumidor:

Ítem 3: a informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade e preço, bem como os riscos que apresentem;

Item 4: a proteção contra a publicidade enganosa, métodos comerciais coercitivos (que obrigam), ou desleais, bem como contra  práticas e cláusulas abusivas ou impostas no fornecimento de produtos e serviços.

Para o consumidor, que se sentiu enganado ou se arrependeu do negócio, poderá desistir ou desfazê-lo em até 7 dias, a contar de sua assinatura, de acordo com a Artigo 49, para negócios realizados fora do estabelecimento comercial, como é o caso da Praça da Bíblia, tendo o direito de reembolso imediato da quantia paga.

One Response to Empresa atua na região ferindo o Código de Defesa do Consumidor

  1. luis antinio disse:

    Acho que a atitude do colega reporter foi fraca e totalmente desprovida de informações , sendo que a caixa tb nao oferece em seu feiroes da casa proprio imoveis prontos e sim o credito tambem.
    Atenção colegas reporters cuidado com esse tipo de materia pode denegrir nossa profissão vamos nos informar antes de cometer erros gravissimos como este aqui.
    obrigado

    Peninha: Você acha, porém eu tenho certeza que o caro colega está desinformado da questão jurídica do caso. Pois o Feirão acima intitulado pela empresa fere o Código de defesa do Consumidor, pois apenas vendem o crédito, sem ter imóvel à oferecer no local e que não precisam estar prontos, podem até ser na planta.
    Se pesquisar os Feirões da caixa, verá que realmente oferecem o crédito, porém há para venda lista de imóveis, de diferentes construtoras à venda, desde na planta até prontos. O termo feirão, aliás, corresponde a mais de uma empresa oferecendo produtos ao consumidor.
    Não denigra também a nossa profissão com opiniões infundadas e sem conhecimento da matéria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: