Frente Nacional de Mulheres no Hip Hop cresce no Brasil e chega à Rio Grande da Serra

Professora de dança, Vanessa é a representante na cidade.

Aconteceu, no ultimo dia 17 de abril, mais uma etapa do lançamento da Frente Nacional de Mulheres no Hip Hop do Estado de São Paulo, projeto apoiado pelo Governo do Estado através da Secretaria de Estado da Cultura. O mesmo projeto foi lançado em Ribeirão Pires dias antes, na Câmara Municipal da cidade.

Ao fundo Vanessa é a representante Rio Grandense na Frente

O evento teve o objetivo de dar visibilidade à Frente Nacional e atrair mais mulheres, que tem como coordenação em Rio Grande da Serra, Vanessa de Lima Ribeiro, professora de dança e dirigente do grupo de dança Andreil´s B.Boys Crew.

“A Vanessa faz um trabalho imenso aqui e estará apresentando a Frente Nacional às mulheres e aos alunos dela, através de mesa de debates, palestras, filmes, roda de conversa e manifestações artísticas.”, explica Luana Rabeti, a Lunna, uma das coordenadoras nacional da Frente, e continua, “Os temas que serão tratados hoje são importantes, pela realidade da cidade, pois se discutirá sobre violência doméstica, abuso sexual, pedofilia e drogas, com a comunidade que a Vanessa atua.”

A Frente Nacional tem estreita ligação com a cultura Hip Hop, porém aborda temas dos mais variados e um dos objetivos é fortalecer as mulheres através de esclarecimentos, integração, cultura e arte.

De acordo com Lunna, que é proprietária do site www. mulheresnohiphop.com.br, a maioria das reuniões entre as integrantes da Frente é realizada via internet, em conferências. Quando Vanessa conheceu a Frente Nacional de Mulheres, ela se inscreveu e passou a desenvolver seu trabalho com as mulheres na cidade, passando a ser uma representante em Rio Grande da Serra.

Dentre as conquistas já conseguidas estão uma cadeira na União Brasileira de Mulheres, também uma cadeira no Conselho de Condição Feminina de Ribeirão Pires, que é representado pela Mirela Araujo, representante da Frente Nacional em Ribeirão e da Nação Hip Hop Brasil e União Brasileira de Mulheres. Todas as reivindicações são distribuídas nestes Conselhos.

Também, à pedido do Prefeito Clóvis Volpi, de Ribeirão Pires, uma vez por mês é cedido a Câmara Municipal para que se possa fazer um fórum de discussões. Outra conquista, em parceria com o Poder Público de Ribeirão Pires é a Casa do Hip Hop, que será inaugurada em Maio. A primeira do gênero no Brasil, e oferecerá a preparação de jovens para o 1° emprego.

Diversas cidades já possuem representantes, assim como Rio Grande. No litoral: Guarujá, Praia Grande, Santos entre outras, ocupando também uma cadeira no Conselho da Juventude, No interior, entre tantas, Campinas. Somando, está presente também fora do estado, como no Rio de Janeiro e Santa Catarina.

Dia 30 de abril será o lançamento da Frente Estadual, na Rua Tabatinguera, 192, ao lado da Praça da Sé, em São Paulo.

Além das reuniões presenciais, há as reuniões via internet, pelo msn, onde todos, de diversos Estados, se encontram em salas de bate papo para discutir suas pautas, como o Ato Nacional contra o Tráfico de Mulheres, crianças e abusos sexuais que será realizado dia 23 de Setembro no Espírito Santo, onde a data já é reconhecida internacionalmente.

Também a Frente Nacional participará do Fórum Social Mundial, no Rio Grande do Sul, onde neste evento será lançado a Frente Nacional, no Sul.

Todos os lançamentos são financiados pelo PROAC – Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo e apoiados por sindicatos diversos e iniciativa privada.

A grafitagem é parte da cultura Hip Hop

Para Vanessa é gratificante fazer parte desse movimento e agora poder apresentar todo trabalho da Frente às 87 meninas que participam de seu projeto de dança, que iniciou em 2008 com 15 alunas. Conta também que não possui uma sede para trabalho e ainda não conseguiu apoio da Prefeitura, apesar de já ter entregue projetos. “Agora temos uma nova força para tentar novamente uma parceria com o Poder Público, que é a Organização, reconhecida nacionalmente, e que mostra que é um trabalho, acima de tudo muito sério e eficiente.”, explica Vanessa

Quem quiser saber mais sobre esse movimento de mulheres, e até ingressar na Frente Nacional, poderá obter informações através do telefone: 11-9845-8437 com a própria Vanessa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: