Ossada humana é encontrada em Rio Grande da Serra

Uma ossada humana foi encontrada no meio do mato, entre as estações Rio Grande da Serra e Campo Grande. [VEJA O VÍDEO ABAIXO}

Por volta de 11h30 de ontem, 19/7, através de uma ligação, nossa equipe foi alertada que havia um corpo em estágio avançado de decomposição, em um local entre as estações de Rio Grande da Serra e Campo Grande, e que o mesmo estaria próximo à um barraco e o acesso era complicado.

O jornal se dirigiu ao local, onde não há acesso para veículos, apenas pela linha de trem, usada para cargas que saem do Porto de Santos em direção à Suzano e região.

No caminho, entramos em contato com a Polícia Militar e informamos sobre a denúncia. Pouco depois já havia Policiais fazendo a busca pelo lado oposto ao caminho que fizemos, no intuito de fazer uma varredura em toda área.

Com bastante dificuldade para encontrar o local determinado, foi feito novo contato com o denunciante, que acabou especificando melhor o ponto de acesso à trilha.

Encontrada a trilha, a equipe composta pelo Sargento Edson, os Soldados Joharison e Alessandro buscaram mata adentro até encontrar o local indicado.

Os Policiais, que estavam fortemente armados, devido ao risco do local ser fácil para um emboscada, minutos depois localizaram uma espécie de barraco, feito com a própria madeira da mata, precariamente construído, ainda por acabar.

Policiais armados com metralhadora, fizeram a busca pela mata.

Sem paredes e telhado,  no chão de terra batida, os restos mortais, uma ossada espalhada, com ossos mexidos provavelmente por animais.

Não houve condições de identificação, pois não havia documentos, tudo indica que o sujeito pretendia passar algum tempo alí, pois havia restos de alimentos não perecível, talheres e pregos para continuar a construção.

Não se descarta a hipótese de um cativeiro, apesar das suspeitas de ser apenas um andarilho.

O crânio, separado do maxilar, não tinha sinais de violência e foi acionado a Delegacia de Polícia de Rio Grande da Serra.

A Polícia Militar aguardou a perícia no local e será verificado se há anotações de desaparecimento na região, se não houver identificação,  a ossada poderá ser enterrada como anônimo.

ATUALIZAÇÃO: Informações extra oficiais dão conta que há possibilidade do corpo ser de um caçador, que teria morrido por causa de hipotermia.

VIDEO DA BUSCA:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: