Governador vem à Rio Grande da Serra e assina liberação de verba para reforma da ponte sobre o Rio Grande.

Governador Alckimin discursa sob os olhares do Secretário Gilvan Mendonça e a Deputada Estadual Vanessa Damo – PMDB

Mas justificativas do investimento podem não resolver o problema do trânsito.

Governo Estadual libera verba do Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento – Fumefi – para a readequação da ponte sobre o Rio Grande, na Estrada Guilherme Pinto Monteiro, próximo à estação de trem.

A assinatura do documento foi em Rio Grande da Serra, e contou com a presença do governador Geraldo Alckimin que, antes de  assinar a liberação da verba, ouviu o pedido do prefeito Adler  Teixeira, o Kiko, que lembrou da liberação ocorrida anos atrás para a pavimentação da estrada do Rio Pequeno, porém no qual a verba não teria sido enviada. Também pediu para que o Governo Estadual utilizasse a área do CSU, para a implantação de uma ETEC no município.

A estrada do Rio Pequeno possui 7 quilômetros de extensão, na área pertencente à Rio Grande da Serra, e havia sido liberada a sua recuperação ainda no governo de José Serra, mas não foi executado. Em relação à ETEC, Kiko justificou que a cidade era a única do ABC a não ter uma Escola Técnica, “Há apenas salas de aulas descentralizadas.”, lembrou Alckimin.

Na obra da ponte sobre o Rio Grande, o Governo Estadual colocará cerca de R$ 700 mil além dos valor de R$ 1 mi, que virá do Fumefi. Para Geraldo Alckimin, é preciso garantir a obra completa.

Momento da assinatura, ao lado, prefeito Kiko aplaude a liberação

APENAS UM GARGALO SERÁ CORRIGIDO

A justificativa de que a obra resolverá o problema de trânsito em Rio Grande da Serra não condiz com a realidade, no local.

Existe reclamações em relação às condições da ponte, por ser estreita, mas permite a passagem de dois veículos juntos, apesar do desconforto ao pedestre.

Porém a grande queixa dos motoristas, em relação ao problema de trânsito, fica por conta da passagem pela estação de trem que, se na ponte (GARGALO 2) há um gargalo que reduz a velocidade da via, na estação (GARGALO 1) há o gargalo que pára completamente o trânsito onde, mesmo com a ponte concluída, o trânsito continuará existindo.

Veja abaixo no INFOGRÁFICO:

DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO FAZ FALTA

A falta de profissionais qualificados para tratar do setor de trânsito na cidade, tem feito com que erros de projetos aconteçam, quando se trata de organizar e planejar o trafego e as regulamentações no trânsito.

A visualização de um gargalo no trânsito, quando na realidade há dois gargalos reivindicados pelos motoristas acompanham o montante de problemas a serem solucionados no trânsito de uma cidade que, segundo o Governador, vem crescendo.

Problemas já apresentados neste jornal, como a falta de um profissional de engenharia de transito na cidade, fez com que as placas de transito, como as de proibido estacionar, funcionassem como enfeites, pela falta de convênio com o próprio Governo e a Polícia Militar, invalidando multas deste tipo devido a falta de Leis específicas de uso de solo, nas vias públicas.

Ainda há erros grosseiros, como colocação de lombada  após cruzamento de ruas, onde perdem a eficácia de reduzir a velocidade dos veículos, desfavorecendo o pedestre que fica à mercê de riscos de atropelamento.

UMA NOVA ESTAÇÃO DE TREM PODERIA RESOLVER O PROBLEMA

A construção de uma nova estação de trem, anunciado pela CPTM há anos, porém ainda sem sair do papel, poderia resolver o problema de gargalo no trânsito de Rio Grande da Serra. O local apontado para a construção da estação, o antigo campo do Ferrovia, na avenida Pref. Cido Franco, liberaria a passagem atual que dá acesso à ponte sobre o Rio Grande.

De acordo com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, o Edital para contratação do projeto básico e executivo da estação já se encontra em fase de preparação e já prevê sua publicação até o final do ano, o que não garante data para a construção da mesma.

Enfim, não dá para afirmar que o problema do transito de Rio Grande da Serra estará resolvido com mais esta obra, da ponte sobre o Rio Grande.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: