Pré candidato a Prefeito Valmir Copina – PMDB – fala pela primeira vez ao eleitor

Deputada Vanessa Damo confirma: É a hora de Copina ser Prefeito!

Deputada Vanessa Damo, madrinha de Rio Grande da Serra, diz: “É hora de Valmir Copina ser o prefeito de Rio Grande da Serra e ajudarmos ainda mais a cidade ser a grande referência da região.”

Depois de vários rumores e boatos, que diziam que Copina não seria candidato, em reunião interna no PMDB, foi decidido que Valmir Copina tentará novamente o Paço Municipal.

Apoiado pelo PMDB e pela Deputada Vanessa Damo, Copina se diz preparado para o desafio e que vem com a bagagem de administrador de empresas e articulador político.

Para Vanessa Damos, o administrador Valmir Copina nunca deixou de ajudar ativamente Rio Grande da Serra: “Em mais de vinte anos que Valmir Copina reside em Rio Grande da Serra e, mesmo sem ser prefeito, foi o grande responsável por parte do dinheiro que a cidade recebeu para as obras que ajudaram a melhorar as ruas e calçadas, através de minhas emendas parlamentares, além do Mamógrafo que enviamos à cerca de um ano e meio, no qual a prefeitura ainda não colocou em operação. É preciso que a população saiba disso. O Prefeito Kiko teve um bom governo, com a ajuda de Valmir Copina, morador de Rio Grande da Serra, que me apresentou à cidade e fez com que eu pudesse ter esse grande amor pela população Riograndense.»

COPINA FALA PELA PRIMEIRA VEZ SOBRE GOVERNAR RIO GRANDE DA SERRA

Com toda essa aprovação e apoio de gente de peso, convidamos Valmir Copina para um bate papo sobre sua pré-candidatura:

TRIBUNA: Então você, Valmir Copina, é oficialmente pré-candidato a Prefeito de Rio Grande da Serra?

VALMIR COPINA: Sou sim. Tenho saúde e capacidade para isso e enquanto tiver essas condições, estarei sempre lutando por Rio Grande da Serra, como sempre lutei. Agora, que estamos colhendo os frutos, porque hoje podemos ver a cidade bem, mas sabemos que uma grande parte destas conquistas foi através de nossa participação. Então, sou pre candidato porque temos muito à oferecer para a cidade ainda.

TRIBUNA: Qual foi a sua participação na mudança que Rio Grande da Serra teve?

VALMIR COPINA: Tenho participação nesse processo. Por diversas vezes buscamos Deputados e, nosso amigos e as famílias de Rio Grande, acreditaram nas propostas e votaram neles, especialmente a Deputada Vanessa Damo, que teve grande votação na cidade e com isso conseguimos fazer com que a participação dela, ajudando a atual administração, fosse muito grande, descarregando uma montanha de dinheiro na cidade para que o prefeito pudesse realizar as obras. E outros partidos também ajudaram, como o próprio PT, PP entre outros. Isso fez com que a cidade crescesse.

TRIBUNA: Você é apontado como um dos principais responsáveis pelo sucesso da Deputada Vanessa Damo na região. Como você pretende aproveitar essa experiência de articulador político em Rio Grande da Serra?

VALMIR COPINA: Com o trabalho que tive junto à Vanessa Damo e outros candidatos, foi possível construir diversos relacionamentos políticos e administrativos. Hoje sou conhecido na região toda e em boa parte do Estado de São Paulo. Com isso, teremos grande facilidade em trazer mais recursos financeiros para Rio Grande da Serra.

TRIBUNA: Sua conhecimento com o vice-presidente da República, Michel Temer – PMDB, ajudará de que maneira poderá somar para o desenvolvimento de Rio Grande da Serra?

VALMIR COPINA: Hoje temos uma chance muito maior de continuar a construção e o fortalecimento de Rio Grande, através da parceria com o Governo Federal que, somando com a ajuda do governo Estadual, temos uma possibilidade ampla de fazer tudo isso de forma muito mais rápida. Pois os resultados que se tem hoje, na cidade, é fruto de um extenso trabalho de diversos grupos, no qual faço parte, onde plantamos as sementes há mais de vinte anos atrás. E mais frutos virão para nosso povo, pois o PMDB é hoje o partido certo, junto ao governo Federal, que trará mais desenvolvimento em Rio Grande da Serra.

TRIBUNA: Você, além de político, é empresário, administrador. Onde este conhecimento ajudará Rio Grande?

VALMIR COPINA: Sim, nossa empresa, a Copina, além de empregar pessoas de Rio Grande da Serra, teve a satisfação de ter famílias se aposentando, trabalhando conosco. Como é o caso da família Cassiano, que tem pessoas aposentadas pelo Copina. Essa empresa formou nossa família e muitas outras famílias de Rio Grande, enfrentando todas as crises que o Brasil viveu ao longo de décadas. Claramente a experiência em enfrentar as adversidades empresariais, enriquecerão a nossa administração à frente da Prefeitura de Rio Grande da Serra.

TRIBUNA: O que fazer com a Saúde, em Rio Grande da Serra?

VALMIR COPINA: Mesmo sem estar lá dentro, é fácil perceber uma má administração na Saúde de Rio Grande da Serra. É difícil dizer se é incompetência ou se tem alguém levando vantagem nisso tudo. Espero que não seja a segunda opção, já que o maior volume de dinheiro fica exatamente na Secretaria de Saúde, mas o povo continua sofrendo. Antigamente se reclamava que não tinha remédio, dipirona. Hoje, além de faltar remédios, falta médicos. Vamos administrar muito bem a Saúde, pois dinheiro garanto que tem. Secretário de Saúde tem que ser alguém experiente, e não marinheiro de primeira viagem, como fazem hoje.

TRIBUNA: Qual sua história na cidade?

VALMIR COPINA: Quando cheguei em Rio Grande da Serra, há 26 anos atrás, fui muito bem recebido. Um povo humilde e hospitaleiro, onde tive o privilégio de conhecer praticamente a grande maioria pelo nome. Isso foi muito gostoso nestes 26 anos, onde fui comerciante e juntamente tinha minha empresa de serviços, a Copina. Com esse envolvimento com as pessoas, fez com que pudesse rapidamente compreender as necessidades sociais e de estrutura da cidade. Daí, para mergulhar de cabeça na participação política de Rio Grande foi rápido. Me tornei liderança política, onde me lancei, na época, candidato pela primeira vez. Não fui eleito, mas a cidade continuava, ano após ano precisando de tudo, ainda hoje precisa bastante coisa

TRIBUNA: Onde mais Rio Grande da Serra precisa melhorar?

VALMIR COPINA: A cidade precisa ir além da maquiagem, que recebeu, na área central. Ruas de bairro foram pavimentadas também, mas quem mora nos bairros sabem que está tudo largado, abandonado. Vamos recuperar os bairros, que nem calçadas tem para andar e, por exemplo, na Vila Lopes e diversos outros bairros, quem andar por lá, tem ruas pavimentadas em péssimo estado de conservação e mato por todos os lados, ratos de monte.

Mas não é só isso, é preciso gerar empregos na cidade. A Prefeitura tem que consumir tudo que seja possível, desde papel higiênico até serviços diversos de comerciantes e profissionais autônomos aqui da cidade. Coisas que a cidade não produzir, aí sim buscar fora. Assim estaremos desenvolvendo a economia local e gerando empregos e serviços.

O nosso serviço de turismo hoje é motivo de gozação em qualquer lugar. Vamos mudar isso, implantar e desenvolver o turismo da cidade, aproveitando a intenção do governador Alckimin em implantar uma ETEC aqui, e utilizar mão de obra de estudantes técnicos da cidade. Vamos em busca do “Selo Verde” que ficou esquecido nesta gestão, e a partir daí transformar a cidade em Estância.

A cidade precisa de uma Secretaria de Segurança Pública, para implantarmos a Guarda Municipal. Vamos lutar para transformar o Destacamento de Polícia em Compania, e assim, quem sabe, triplicar o número de viaturas.

Precisamos de política voltada para o jovem, com estudo e projeto de lazer, entretenimento. Hoje Rio Grande da Serra é uma cidade morta aos finais de semana para o jovem. Uma boa solução também é a criação de uma Secretaria de Esportes e Lazer. Muita gente não sabe, mas Rio Grande da Serra tem grandes atletas fazendo esporte e defendendo outras cidades em torneios, porque aqui nunca se deu estrutura para o jovem se tornar atleta.

Para que está inseguro com sua casa, por estar em local de risco, ou áreas irregulares, desenvolveremos uma Politica de Moradia, para construção de casas populares, onde famílias de baixa renda terão acesso à tão sonhada casa própria. Quem nunca fez isso no município vive dizendo que é complicado, mas vamos mostrar que é possível. Falta vontade política de pessoas que não têm interesse nisso porque ganham dinheiro vendendo terras irregulares.

Vamos modernizar o serviço público e superar esta gestão, que foi boa, mas na mão do PMDB será ainda melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: