Presidente do Diário do grande ABC é acusado de mandar matar prefeito Celso Daniel, de Santo André.

O advogado Calixto Antônio Júnior abriu a Caixa de Pandora, e depois de dar depoimentos bombásticos no caso da SEMASA – Secretaria de Meio Ambiente de Santo André, onde diz que o Poder Público Municipal montou quadrilha para extorquir dinheiro de empresários com o conhecimento do prefeito Aidan Ravin – PTB, também afirmou que o Diretor presidente do jornal Diário do Grande ABC, Ronan Maria Pinto é o mandante da morte do prefeito Celso Daniel.

Na realidade tal versão circula os bastidores políticos do ABC há anos, que ainda envolvem diretamente o jornal na derrota do PT, nas últimas eleições municipais onde, segundo informações, a quebra de acordo fez com que o Diário concentrasse seus esforços para eleger Aidan Ravin.

Confira a matéria publicada de Anderson Scardoelli publicada no Comunique-se:

Advogado diz que dono do Diário do Grande ABC mandou matar prefeito de Santo André 

ronan_maria_pinto

Ronan Maria Pinto, Diretor-presidente do Diário do Grande ABC

Na última semana, o advogado Calixto Antônio Júnior acusou o diretor-presidente do Diário do Grande ABC, Ronan Maria Pinto, de ter envolvimento com o assassinato de Celso Daniel, então prefeito de Santo André (SP), em 2002. Segundo o advogado, o empresário mandou matar o político que era filiado ao PT.

A declaração de Antônio Júnior contra o proprietário do Diário do Grande ABC foi feita durante seu depoimento à CPI da Câmara de Santo André que apura supostas irregularidades cometidas no Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André (Semasa). Apesar do tema discutido pelos vereadores, o advogado continuou a criticar Ronan Maria.

Além de relaciona-lo com a morte de Celso Daniel, o advogado afirmou que o executivo extorquiu prefeitos do ABC paulista, região composta por Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. “Bandido” e “matador” foram alguns termos usados por Antônio Júnior para definir o dono de jornal.

Em matéria assinada por Fábio Martins, o Diário do Grande ABC ressalta que Ronan Maria não é réu no processo que investiga a morte de Celso Daniel. À reportagem de seu próprio jornal, o empresário informou que vai resolver a questão judicialmente. “Minha assessoria jurídica irá acioná-lo na Justiça”, disse sobre as acusações do advogado.

Ronan Maria também disse que a equipe da publicação que comanda tem sofrido ameaças por parte de Antônio Júnior. O empresário de comunicação afirma que o advogado não aceitou as reportagens publicadas no Diário do Grande ABC. “O jornal não irá recuar por conta de intimidações. O interesse do leitor será respeitado”.

Você já ouviu alguma história sobre este assunto? Comente:

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: