O Dia do Basta, em Ribeirão Pires tem baixa adesão e pouco foco no tema corrupção

No último Sábado, dia 21 de Abril, a data representou bem mais que um feriado pelo dia de Tiradentes.

Em todas as capitais brasileiras e dezenas de outras cidades, aconteceu o Dia do Basta, com a marcha contra a corrupção no Brasil.

O evento, de idealização anônima, explodiu através das redes sociais, na internet, e milhares de pessoas por todo país aderiram, marcando encontros nesta data para se manifestarem contra os atos de corrução, amplamente divulgados pela televisão, rádio, internet e jornais.

Em Ribeirão Pires reuniram-se cerca de 40 pessoas na rodoviária velha, no centro da cidade, muitos motivados pela situação precária da Saúde na cidade.

Saindo da rodoviária, o grupo percorreu o centro, passando pela Vila do Doce e seguindo até o Paço Municipal, onde repudiaram a construção de uma pequena torre onde será instalado um relógio com finalidade também turística e o prédio que, segundo os manifestantes, seria usado para a Secretaria Jurídica*, porém mesmo depois de pronto, a secretaria continua em outro endereço, onde pagam aluguel.

“Nossa luta é por menos monumentos e mais atendimentos. Estão construindo um relógio. Puxa, acho que era tudo o que precisávamos…”, ironizou Lico, um dos integrantes do protesto, “Não precisamos de monumentos, precisamos de melhores asfaltos, melhores atendimentos, segurança, melhor Saúde na cidade. Acho que cada um aqui tem uma história do Hospital São Lucas para contar. É primo, avô e qualquer parente que morre neste hospital pela precariedade de atendimento.”, e continua: “Não se trata de ataque direto à um ou outro candidato, mas um ataque à qualquer corrupto, seja ele político ou não. Por essa razão nós estamos aqui para mostrar que não aceitamos isto, e queremos dar um basta na corrupção.»

A passeata seguiu sob gritos de: Ou para a roubalheira ou paramos o Brasil.

Apesar das frases de ordem, contra “roubalheiras” e “corrupção”, o movimento ficou devendo motivos concretos para guiar os protestos, se limitando à reivindicações de cunho administrativo do município como má empregabilidade dos recursos em saúde e infra-estrutura, desperdício com obras consideradas desnecessárias.

Porém além disso, reivindicou-se principalmente soluções para saúde que, de acordo uma das manifestantes, não possuem médicos e remédios por conta da corrupção.

DEFINIÇÃO DE CORRUPÇÃO

De acordo com o Portal da Educação, corrupção pode ser definida como utilização do poder ou autoridade para conseguir obter vantagens e fazer uso do dinheiro público para o seu próprio interesse, de um integrante da família ou amigo.

O DIA DO BASTA EM SÃO PAULO

Em São Paulo, reuniram cerca de 800 pessoas na Avenida Paulista, segundo a PM e, dentre as reivindicações, estavam o pedido de julgamento do mensalão; o fim dos favorecimento aos políticos; pedido para que no Congresso se permita apenas o voto aberto entre outras exigências.

Um dos manifestantes, Rafael Frota Carvalho, do grupo Quero o Fim da Corrupção explicou ao portal jurídico Direito de Estado: “A marcha contra corrupção é o começo, não é a solução. A gente está dando início à mudança que a gente quer”.

* – corrigido

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: