ENTREVISTA | CANDIDATO À PREFEITO NILSON GONÇALVES – PC do B – RIO GRANDE DA SERRA

Para ajudar a população de Rio Grande da Serra conhecer quem são seus candidatos à prefeito e, assim, poder avaliar a capacidade de cada um em governar seu município, disponibilizamos uma entrevista com cada candidato, onde o eleitor decidirá entre Nilson do Mercado, Claudinho da Geladeira, Gabriel Maranhão e Luiz Internet, quem tem qualificação para sentar na cadeira principal do Paço municipal de Rio Grande da Serra:

Empresário do ramo de supermercado, desistiu, na última eleição, durante a campanha, de concorrer ao paço municipal. Agora, no PC do B, retornou com novo grupo e pretende lutar até o final para o cargo de Prefeito.

Desde os 6 anos de idade em Rio Grande da Serra, Nilson Gonçalves de Souza é o Nilson do Mercado: “Já fui engraxate, já vendi amendoim e doces na saída da Pollone e da Jean Lieutaud, limão nos comércios, com 16 anos trabalhei no posto de gasolina, também trabalhei com hortaliças. Aos 18 anos me casei, já em Nova Odessa, neste período em que vivi 2 anos lá, e retornei para Rio Grande da Serra já para trabalhar no ramo do comércio e assim tem sido minha trajetória. Em 1996 fui candidato à vice pelo PSDC, 1998 fui candidato à Prefeito, em 2004 à Vice, época em que sofri uma grande perda, em 2008 iniciamos um trabalho (para Prefeito) e faltando 4 dias fiz uma fala para que os eleitores apoiassem os adversários, não pretendia mais discutir política. Porém a população, após a indicação da gestão, começou a pedir para que eu voltasse à discutir política e, como eu havia dito que se a população entendesse que eu tenho que contribuir com a cidade, eu estaria disposto à encarar qualquer desafio e assim a gente aceitou mais essa corrida rumo ao Paço.”, explica Nilson, “minha identificação com Rio Grande da Serra é que aqui tem sido a minha vida, que está enraizada aqui. Tudo o que eu tenho conseguido
tem sido nesta cidade que eu amo muito.»

DESAFIO PARA O PRÓXIMO PREFEITO

Para Nilson do Mercado, o maior desafio a ser enfrentado pelo próximo governante será a Educação: “Devido a falta de prioridade, de não ter humanizado as áreas que mais necessitam de atenção, na minha opinião, ficaram em segundo plano.”

Na opinião do candidato, deverá ser mantido as ações relacionadas ao esporte e lazer: “Manter as quadras que existem, os parquinhos, porém alguns estão abandonados. A recuperação de alguns locais com nascentes, como a que abastece o rio que percorre a avenida São Paulo, que ficou bom e tem que ser preservado, enfim, o que tem dado certo nestas questões, a gente vai dar continuidade.”

HABITAÇÃO

Com relação à moradia, Nilson explica que já colocaram no Plano de Governo: “A Minha Casa Minha Vida, do Governo do Estado, vamos trabalhar para que a gente possa oferecer para a população uma condição que ela possa estar adquirindo sua casa, o seu espaço, casas populares. Vamos trabalhar para que, aqueles que precisam, sejam atendidos.»

MEIO AMBIENTE

Sobre o plano para o Meio Ambiente, Nilson do Mercado explica: “A gente já tem contribuído. Em 2007 eu fiz um trabalho de cooperativa experimental, junto à população, coletando todo o lixo reaproveitável, fazendo a triagem e depois de vendido, compartilhando o resultado. esse é um dos trabalhos que vamos fazer. E também não permitindo degradar, como a gente tem
observado nesta gestão, como aterros inadequados e tem trazido para esses aterros terras de fora, alguns lixos inadequados tem sido jogados à vista, para todos verem e nada tem sido feito, e isso, na nossa gestão, não vamos permitir que aconteça.”

O candidato lembra do Plano Diretor, quando o assunto trata das ocupações e loteamentos irregulares: “Tem o Plano Diretor, onde iniciou-se uma discussão e eu não tive participação, mas vamos chamar a população para poder discutir esse Plano Diretor e tratar deste assunto com muita propriedade.»

TURISMO

Para o Turismo, Nilson fala sobre a discussão do Fórum Social Regional: “Foi onde apresentou propostas que possam ser discutidas e viabilizadas. Temos conversado com pessoas que participaram ativamente do Fórum e dentro deste projeto tem a indicação, e aí a gente estará aproveitando e discutindo essas propostas na nossa gestão.»

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Humanitária, é como deverá ser a Assistência Social, segundo Nilson do Mercado: “Que se atenda e busque de todos os meios, recursos para que possa possibilitar às pessoas que estão indo atrás desta ajuda, e não tem que ser amigo do Prefeito, do Vereador, mas que possa
viabilizar à todos que necessitem.»

SAÚDE

Na questão da Saúde, os problemas são muitos, de acordo com Nilson: “Fizemos uma breve pesquisa, e há uma deficiência muito grande em vários setores da Saúde e aí tem que se fazer mesmo um levantamento mais apurado e ver a real necessidade e implantar aquilo que estiver faltando para que se possa atender a população de forma humanitária. A questão dos remédios, que a gente tem tido bastante reclamações das faltas, e isso aí é administração. Para uns sobram e para outros faltam. A gente ouve que em alguns casos, algumas pessoas que fazem parte da gestão e que tem algum amigo que está precisando, ele vai lá e adquire o medicamento em excesso e que também acaba faltando para o outro. Também compra-se muito de um produto e falta do outro. Tem que haver um equilíbrio. E ainda em nosso plano, estamos trabalhando pela implementação de um Hospital na cidade, e a gente entende que é possível e vamos lutar para que isso aconteça.»

EDUCAÇÃO

Na área da Educação, Nilson diz que é preciso criar espaço: “A Educação começa no ensino infantil e a gente tem visto que tem crianças que estão fora do ensino infantil por falta de vagas, e isso para nós vai ser
prioridade. A educação para ente vai ser o ponto fundamental de toda a gestão que faremos, porque ela previne em todos os demais setores que o governo deve tratar. A gente discutiu a ETEC há um ano e meio atrás e agora já foi liberado o dinheiro pelo governador Alckimin. A gente está discutindo a FATEC, estamos colocando no plano de governo, pretendemos discutir um campus para dar uma Universidade para Rio Grande da Serra. A educação vai ser o carro chefe da nossa administração.»

DROGAS

Com relação às Drogas: “A gente tem acompanhado algumas ações que viabilizam sair desta situação, tem algumas Ongs que querem ajudar, tem Igrejas que tem ajudado através da evangelização, e tem que se aproximar destas pessoas para que a gente possa alcançar as pessoas dependentes químicas para ajudar elas saírem dessa situação, que é uma destruição para suas próprias vidas.»

ESPORTE

Atenção especial para o Esporte, é o que deseja o candidato: “Porque previne a questão do envolvimento com drogas, então é necessário que se faça um trabalho bastante intensivo para gerar entretenimento e poder atender a demanda, porque o esporte na cidade está sucateado. Pretendo criar uma Secretaria de Esportes, e que o nosso Ministro de esportes é do nosso partido (PC do B) e tem já projetos que podem ser viabilizados com rapidez significativa.”

E finaliza: “Quero agradecer cada homem, mulher e criança que tem me recebido, que tem gostado de meu retorno na política, por acreditar que a gente, chegando ao governo, vamos poder contribuir significativamente com o desenvolvimento de nossa cidade de uma forma sustentável e responsável com um governo transparente. E todas as propostas apresentadas, vamos nos empenhar o máximo para que Rio Grande seja referência no ABC.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: