Médico de Rio Grande da Serra diagnostica pneumonia como asma e libera paciente.

Uma falha, no diagnóstico médico, ocorrido na UBS central de Rio Grande da Serra, mandou um paciente com quadro avançado de pneumonia para casa, tratando apenas como asma.

O caso aconteceu com o paciente Sebastião Maurício Costalino, que em 26/8 procurou a Unidade Básica de Saúde da cidade se queixando de dores nas costas: “Cheguei na UBS e fui atendido pelo Dr. Nilton Jhun Hata, que pediu para que eu fizesse uma radiografia. Ele viu, disse que não era nada de grave e me passou dois medicamentos, me liberando em seguida.”

No dia seguinte, Tiãozinho, como é conhecido na cidade, levantou com mais dores, depois de passar a noite em claro: “Disse à minha mulher que não tinha condições de trabalhar, mas fui ao médico, Dr. Celso Gil Nunes, em São Caetano do Sul, do Sindicato onde eu trabalho e entreguei à ele a mesma radiografia. Para meu espanto, ele disse que eu estava com pneumonia e início de derrame pulmonar.”, e continua: “Ele disse para mim: corra e procure um pneumologista com urgência.”, explicou Tiãozinho, que levou novamente à UBS Central o diagnóstico do médico de São Caetano.

Ao entregar o novo diagnóstico à outro médico de plantão, foi solicitado um exame de catarro: “Fiquei nervoso, cheguei em casa e decidi marcar uma consulta urgente com o Dr. Antônio Pretel, de Ribeirão Pires. Ele me atendeu na hora e, através de nova radiografia, confirmou o que o médico de São Caetano havia dito, me afastando uma semana do meu trabalho e me passou os remédios corretos para esse tratamento.”

“Acho isso um descaso e uma irresponsabilidade, pois eu poderia ter morrido. se eu não tivesse ido atrás de outros médicos, hoje não sei se eu estaria aqui, contado a história.

Buscamos a Secretaria de Saúde municipal, para comentar o caso e, em resposta, informou que o Dr. Nilton Jhun Hata faz parte do quadro de funcionários da Fundação ABC, que presta serviços ao município. Também informou que notificará a Fundação para que tomem as medidas cabíveis e que abrirá um processo interno, na própria Secretaria de Saúde, para apurar o caso.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: