Candidatos protestam contra o que consideram “Jogo Sujo”, na própria coligação de Gabriel Maranhão.

Rio Grande da Serra

Mesmo defendendo o nome de Maranhão, candidatos dizem que estão sofrendo com jogo sujo do próprio PSDB

Candidatos à vereador de partidos aliados ao PSDB estão reclamando da proteção dada à “meia dúzia” de candidatos, segundo eles, escolhidos pelo grupo de Gabriel Maranhão, que estariam sendo beneficiados com recursos financeiros “por fora”, para que possam se eleger.

De acordo com os candidatos, de várias siglas, inclusive a do próprio PSDB, a situação está escancarada e todos continuam sem apoio: “Estamos fazendo campanha sem recursos, com “meia dúzia” de placas, e tendo que assistir cinco ou seis candidatos a vereador fazerem campanha digna de prefeito. Estão mandando dinheiro para eles e o restante está esquecido. Não existe compromisso, agora, com os candidatos, então, como será depois da eleição?”, desabafa um dos candidatos tucanos.

Em mais duas reclamações, uma conta um momento constrangedor, que o prefeito Kiko teria passado em uma das reuniões, quando deveria apresentar o candidato à prefeito, mas tentou também levar outro nome, um dos seis apoiados, para indicar à vereador. O caso é que, quando a família visitada disse que está apoiando a candidata Leda Xavier, PMDB, da mesma coligação de Gabriel Maranhão, Kiko teria desqualificado a candidata, tentando convencer a família à apoiar um dos “seis” no qual o grupo de Maranhão estaria interessado em eleger.

Segundo conta o marido de Leda, o que Kiko não contava é que na reunião estaria presente o filho de Leda Xavier, que imediatamente deu uma repreenda no prefeito, que teria ficado constrangido, tentando contornar a situação. O resultado foi que a família manteve o voto na sua candidata do PMDB, mas o candidato do prefeito, Gabriel Maranhão, perdeu os votos.

Outro que se disse prejudicado, chamando de “jogo sujo”, foi o candidato do Parque América, Crisanto – PMDB, que mesmo tendo sua placa afixada em uma das residências, disse que o ex-prefeito José Teixeira, irmão de Kiko, foi com  o candidato Valdemar Perillo – PSDB, pedir voto à família, o que deixou Crisanto irritado: ‘Disse à eles que não respeitaram a escolha da família, que já havia afixado minha placa na residência. Estamos todos na mesma coligação, porém não respeitam ninguém. Se não respeitam agora, não vão respeitar depois. Já não estão ajudando ninguém, só os candidatos “carta-marcada” deles, e ainda assim jogam sujo”, desabafou Crisanto.

A coincidência é que os pivôs das duas reclamações são irmãos: atual prefeito Kiko e o ex-prefeito José Teixeira. Seria isso de família?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: